segunda-feira, 17 de maio de 2010

Dia da Hipertensão

 

Dia 17 de maio é o dia Mundial da Hipertensão Arterial, e o Brasil também está engajado nesta batalha.
Atualmente, a hipertensão atinge mais de 30 milhões de brasileiros e é responsável por 47% dos infartos, 54% dos AVCs (derrames) e 37% dos casos de insuficiência renal, de acordo com o Ministério da Saúde e a Sociedade Brasileira de Cardiologia. Uma doença tão devastadora pode ser controlada facilmente, desde que a pessoa se alimente bem e pratique atividades físicas com regularidade.
O sedentarismo crescente em países em desenvolvimento como o Brasil preocupa, tanto que 80% dos casos de mortes por hipertensão ocorrem em algum destes países, e as maiores vítimas possuem entre 45 e 69 anos.
Quando detectado o quadro de hipertensão, além da reeducação alimentar, às vezes se faz necessário um tratamento a base de remédios. Medicamentos recentes possuem diferenciais capazes de combater a doença com eficácia e auxiliar o paciente a equilibrar a pressão arterial, caso dos inibidores de renina, únicos atuantes no ponto de ativação inicial da cascata de reações que leva à hipertensão.
A hipertensão arterial é uma doença perigosa, mas que pode ser controlada se levada a sério. A maioria das campanhas existentes no mundo visa conscientizar a população sobre a importância de uma vida regrada, saudável e com o acompanhamento regular das condições de saúde. A medição de pressão é simples e pode ser feita em qualquer unidade de saúde.>p> Se você possui pressão alta, procure um médico e descubra qual o melhor tratamento para o seu caso.
 
Terra

Um comentário:

Ministério disse...

Olá blogueiro!

O número de pessoas com hipertensão no Brasil aumentou de 21,5%, em 2006, para 24,4%, em 2009. A hipertensão é uma doença silenciosa e ataca todas as faixas etárias. Por isso, junte-se à campanha de combate e controle da hipertensão do Ministério da Saúde. Você pode ajudar na conscientização da população por meio do material de campanha que disponibilizamos para download.

Caso se interesse, entre em contato com comunicacao@saude.gov.br

Obrigado!

Ministério da Saúde

Arquivo do blog